Volume de drogas apreendidas em São Luís em 5 meses já supera 2014

Denarc apreendeu 306 quilos de drogas nos primeiros meses deste ano.
Dados foram revelados neste sábado pela Secretaria de Segurança do MA.

Do G1 MA

Denarc apreendeu em cinco meses quase 80% da quantidade de drogas recolhida nos últimos três anos (Foto: Divulgação/SSPMA)

Em cinco meses, o volume de drogas apreendido na região metropolitana de São Luís superou em três vezes o montante recuperado em todo o ano de 2014.  De acordo com o Departamento de Combate a Narcóticos (Denarc), da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), foram recolhidos, até 30 de maio, 306 quilos de entorpecentes.

Maconha, cocaína e crack (que é derivado da cocaína) foram as drogas mais apreendidas neste período. Entre as operações policiais desencadeadas 42 pessoas foram autuadas em flagrante delito pelos crimes de tráficos de entorpecentes e/ou associação para o tráfico de drogas, acompanhados do porte ou posse ilegal de arma de fogo e munição.

Estatísticas de apreensões
2012 – Apreendidos 151,6 kg
2013 – Apreendidos 130,3 kg
2014 – Apreendidos 108,7 kg
2015 – Apreendidos 306 kg
(até o dia 30 de maio).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), foram apreendidos, em 2014, pouco mais de 90,5 kg de maconha; 448 gramas de cocaína; e 13,2 kg de crack.

Apenas nestes primeiros meses de 2015, porém, os investigadores do departamento especializado da Seic conseguiram apreender 226,6 kg de maconha; 2,4 kg de cocaína; e quase 37 kg de crack.

O delegado-geral de Polícia Civil, Augusto Barros Neto comemorou a marca e afirmou que a quantidade apreendida em 2015 representa quase 80% de droga apreendida pelo departamento em anos anteriores. “No ano passado, o total de apreensões de drogas foi de quase 109 quilos. Nas planilhas do Denarc, já registramos o triplo desse total”, afirmou.

Em 2014, foram apreendidos 108,7 quilos de drogas, uma média mensal de 9,05 quilos. Nestes primeiros cinco meses, o cálculo em média é de 61,2 quilos/mês, número quase sete vezes maior, segundo divulgou o Denarc.

Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.