Assembleia Legislativa aprova, e cerveja pode voltar aos estádios de Minas Gerais

ESPN.com.br

GETTY

Venda de cerveja foi liberada nos estádios durante a Copa do Mundo

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou nesta terça-feira o projeto de lei que volta a liberar a venda e o consumo de bebidas alcoólicas nos estádios do Estado. A votação registrou 35 votos a favor e 15 contra.

Agora, o projeto espera a sanção do governador Fernando Pimentel. A tendência é que Pimentel ele analise o caso em 15 dias. Caso dê o OK, as bebidas já poderão ser vendidas nos estádios mineiros a partir de agosto.

Segundo o texto, a venda será liberada durante o primeiro tempo dos jogos e nos 15 minutos do intervalo. No segundo tempo, porém, volta a ficar restrita.

A decisão sobre os locais de venda e consumo das bebidas alcoólicas ficará a cargo dos gestores das arenas. No entanto, o projeto já veta a venda nas arquibancadas e cadeiras dos estádios.

De acordo com o líder do governo na Assembléia, Durval Ângelo, Fernando Pimentel ainda irá analisar o projeto e não tem posição oficial. Para Ângelo, contudo, a nova lei não vai contra o Estatuto do Torcedor, que proíbe a venda de álcool nas praças esportivas.

O artigo 13-A do Estatuto considera ilegal a entrada e permanência nas arenas com “bebidas ou substâncias proibidas ou suscetíveis de gerar ou possibilitar a prática de atos de violência”. Ângelo lembra, porém, que a venda de bebida foi liberada durante a Copa do Mundo, enquanto Estados como Rio Grande do Norte e Bahia permitem o comércio de cerveja nas arenas.

O MP-MG (Ministério Público de Minas Gerais), por sua vez, já se posicionou contrário à nova medida. Enquanto isso, o autor do projeto de lei, Alencar da Silveira Júnior (PDT), diz confiar no “bom sendo” do promotor responsável pelo assunto, Leonardo Barbabela, para não impedir a venda de álcool.

“Ele vai ter que levar em conta o que está acontecendo nos estádios. Acho que, no fim, vai ter o bom senso de ler a lei e vai acabar tomando uma cervejinha no estádio também”, brincou.

Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.