“Quando se diz fumar maconha não faz mal, está se enganando todos os meninos, indiferente da classe” diz Osmar Terra

Site – Deputado Osmar Terra

“Quando se diz fumar maconha não faz mal, está se enganando todos os meninos, indiferente da classe” diz Osmar Terra

Na audiência pública da subcomissão de políticas sobre drogas da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, ocorrida no dia 16, o deputado federal Osmar Terra (PMDB-RS) afirmou que a droga é responsável pela maior parte das mortes violentas e é a maior responsável pela morte de jovens no país:

– É uma epidemia de grande escala, que afeta todas as áreas da sociedade. E mais: quando se diz fumar maconha não faz mal, está se enganando todos os meninos, indiferente da classe. A maconha, hoje, é do skunk, tem 10 vezes mais tetraidrocanabinol, a droga que afeta mais áreas do cérebro, produz esquizofrenia em uma escala maior e retardo mental.

         O parlamentar foi secretário da Saúde do Rio Grande do Sul durante oito anos, tem mestrado em neurociência, preside a subcomissão de políticas sobre drogas e é autor de um projeto de lei que aumenta as penas para traficantes e cria a internação involuntária para dependentes químicos, entre outros pontos. O texto foi aprovado na Câmara em 2013 e está em análise no Senado:

         Osmar Terra apontou outro problema em relação às drogas no país:

         – Temos um movimento no Brasil em favor da liberação de todas as drogas, com adesão de setores da imprensa e artistas. Quando fui secretário de Saúde no Rio Grande do Sul, criei o Programa de Prevenção à Violência e enfrentamento às drogas e nunca tivemos apoio do Ministério da Saúde, onde há setores favoráveis à liberação de todas as drogas. Sei que hoje não mudou muito na aérea da saúde mental  do ministério que usa um discurso muito filosófico e pouco prático.

         O deputado também defendeu a competência do Poder Legislativo para discutir a descriminalização das drogas. Ele criticou o fato de o Supremo Tribunal Federal (STF) “ter avocado para si” a decisão sobre o tema.

         CRACOLÂNDIAS E ILUSÃO DE ÓTICA

         Terra lamentou que todas as cidades brasileiras tenham usuários de crack e cracolândias, nas ruas ou em casas:

-É uma epidemia em grande escala, que a Fiocruz nega existir. Arautos da liberação das drogas dizem que não tem epidemia de crack no Brasil, então o que estamos vendo todos os dias é uma ilusão de ótica.

         O parlamentar afirmou que a droga é o maior problema de segurança e saúde pública do Brasil:

– Ela é responsável pelo recorde de homicídios, suicídios, acidentes e doenças que estavam controladas, infecciosas principalmente, e estão ressurgindo.

Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.