Estudante de direito é presa por suspeita de tráfico de drogas, no PR

G1

Jovem tem 20 anos (Foto: Reprodução Facebook)

Uma estudante de direito de 20 anos foi presa, em Curitiba, por suspeita de tráfico de droga e associação ao tráfico, segundo a Polícia Civil. Dois homens – de 31 e 26 anos – também foram detidos suspeitos de praticar os mesmos crimes.

Conforme o perfil do Facebook de Mayara Borcatti da Silva, ela é casada com um dos rapazes presos.

As investigações da polícia apontam que Mayara participava de eventos sociais para vender drogas.

Os três foram presos em flagrante no bairro Cajuru com aproximadamente dois quilos de crack, 50 gramas de cocaína, 36 gramas de maconha e 35 comprimidos de ecstasy, de acordo com a Polícia Civil.

Ligação com outra quadrilha
A polícia explicou que chegou até o trio depois de receber informações de que os suspeitos tinham ligação com uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos no estado.

A prisão aconteceu, na segunda-feira (21), no momento em que eles retiravam drogas de uma casa que servia de ponto de encontro com o primo da estudante. O parente da jovem também foi preso por suspeita de tráfico de drogas em Balneário Camboriú (SC) no dia 13 de setembro, segundo a Polícia Civil.

Ainda de acordo com a polícia, vídeos mostram que a casa do primo era utilizada para reunir os membros da quadrilha e traficantes.

A Polícia Civil informou que os presos ainda não têm advogados constituídos

Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.