Terra critica falta de política organizada no combate às drogas, durante evento em São Paulo

site Deputado Osmar Terra

A Folha de S.Paulo promoveu, no dia 28, o evento “Diálogos”, que teve como tema a política de drogas, com a participação do deputado federal Osmar Terra (PMB-RS) e do antropólogo Mauricio Fiore, coordenador científico da Plataforma Brasileira de Política de Drogas e diretor do Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento). O parlamentar, autor do PL que aumenta o rigor no combate às drogas, reclamou da falta de uma política nacional para a questão:

– A guerra às drogas de que todos falam é uma ficção. Não há política organizada no Brasil para enfrentar nada. Entram drogas por nossas fronteiras como um tsunami, todos os dias.

Terra lamentou que o país não olhe de frente a epidemia das drogas:

– Os países com políticas rigorosas articuladas em relação às drogas, não essa bagunça que é aqui, reduziram o consumo. Tudo isso garantindo tratamento para os dependentes e diminuindo a violência.

O deputado também destacou que o transtorno causado por drogas como a maconha e o álcool ao cérebro prejudicam a relação do usuário com com que está a sua volta e advertiu:

– A maior causa de violência doméstica é o álcool, que é uma droga legal. E é a maior causa justamente porque é de fácil acesso. Se forem legalizar as outras drogas, a coisa vai ficar muito pior do que está.

Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.