Com cerveja liberada, Botafogo faz promoção e torcedores brindam no Engenhão

ESPN.com.br

ATIRO SODRE/SSPRESS

Torcedores do Botafogo brindam a liberação da cerveja nas arquibancadas do Engenhão

Com a aprovação da lei que libera a venda de bebidas alcoólicas nos estádios do Rio de Janeiro, a diretoria do Botafogo fez uma promoção para atrair os torcedores ao Engenhão nesta terça-feira, para o jogo contra o Ceará, pela 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Até dez minutos antes de a bola rolar, duas cervejas estavam sendo vendidas por R$ 10 nos bares. Durante a partida, o preço da unidade foi de R$ 7.

Esta é a primeira partida na cidade com cerveja liberada depois que foi publicada no Diário Oficial a lei 7083, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão na última sexta-feira, mas só passou a valer nesta segunda.

A venda de cerveja já aconteceu no jogo preliminar, entre Boavista e Volta Redonda, pela Copa Rio, que começou às 18h. Apesar da novidade, poucos torcedores (7.706 presentes) compareceram ao Engenhão nesta terça. Muitos dos que estiveram no estádio, no entanto, puderam brindar com a cerveja gelada nas arquibancadas em uma noite de calor no Rio.

A expectativa é que também aconteça a comercialização da bebida alcoólica nos bares do Maracanã já nesta quarta-feira, no duelo entre Fluminense e Palmeiras, pela semifinal da Copa do Brasil.

Além do Rio de Janeiro, o consumo de cerveja já é liberado em Minas Gerais e no Espírito Santo. No início do mês, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou, em primeira instância, um projeto de lei que regulamenta a venda da cerveja nas praças esportivas do Estado.

Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.