Doença provocada por cigarro vai ser uma das que mais matam até 2020

Problema pulmonar leva à limitação para exercícios físicos, como subir escadas, caminhar, trocar de roupa e até comer

O DIA

Rio – A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) deverá ser a terceira principal causa de mortes até 2020, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Hoje, vitima mais de 200 milhões de pessoas, 7 milhões delas no Brasil, onde 40 mil morrem por ano. Além da queima de substâncias tóxicas, contidas na exaustão de diesel dos automóveis e queima de produtos químicos, a fumaça do cigarro é a principal responsável pela doença (cerca de 90% dos casos) e de 85% das mortes que provoca, segundo o Ministério da Saúde.

Aumentar o conhecimento da população sobre o tema é o principal objetivo do Dia Mundial de Combate a DPOC, lembrado hoje. O ‘Panorama da Saúde Respiratória do Brasileiro’, encomendado ao Ibope pela Boehringer Ingelheim do Brasil, revelou que 55% não sabiam nada sobre a doença. Mauro Gomes, diretor da Comissão de Infecções Respiratórias da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, destaca que, aos primeiros sinais de cansaço, tosse, pigarro, catarro e falta de ar contínuos deve-se buscar ajuda de um especialista.

Sem cura, mas com tratamento por meio de antibióticos, a DPOC leva à dificuldade de respirar e à limitação para exercícios físicos simples, como subir escadas, caminhar, trocar de roupa e até comer. A Associação Brasileira de Portadores de DPOC orienta que as pessoas não fumem, mantenham-se em locais bem ventilados e com pouca poluição.

Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.