Cinco coisas que acontecem no corpo quando você fuma maconha, segundo a ciência

O Globo

Maconha mexe com o corpo

Foto: MARTIN BERNETTI / AFP/ 18-05-2013

Seja um fumante inveterado ou alguém que nunca encostou num cigarro de maconha, você provavelmente sabe alguns dos efeitos da Cannabis sativa. Veja a explicação da ciência para essas reações no organismo.

1. O cérebro fica cheio de dopamina


Neurônios: Em pacientes com ELA, as proteínas se aglomeram em composto tóxico que adoece a célula e a mata
Foto: Arquivo
Foto: Arquivo

Assim como a maioria das drogas, a maconha age no neurotransmissor dopamina, associado ao sistema de recompensa do cérebro. Atuando por receptores de canabinioides, o THC estimula a liberação de dopamina, causando sensação de euforia.

2. A pressão sanguinea cai

Snoop Dogg Foto: AP
Foto: AP

A maconha faz com que os vasos sanguíneos de todo corpo dilatem, causando uma queda de pressão. Isso é mais aparente nos olhos: quando os vasos aumentam de tamanho, o globo ocular fica vermelho e as pupilas podem ficar dilatadas.

3. Os sentidos ficam mais intensos

Para admirar e sentir o perfume: cientistas provaram que visão e olfato são complementares Foto: Bruno Gonzalez
Foto: Bruno Gonzalez
Além de liberar dopamina, o THC se conecta a receptores do cérebro associados ao odor e ao paladar, o que aumenta a sensibilidade. Junto com os olhos vermelhos, seus sentidos podem ficar mais intensos.

4. O coração acelera

Cuide do seu coração no carnaval Foto: Fabio Seixo / Agência O Globo
Foto: Fabio Seixo / Agência O Globo

Fumar maconha pode fazer o coração acelerar, aumentando o número de batimentos por minuto por até três horas. Embora isso seja inofensivo na maioria das vezes, pode aumentar suas chances de ter um ataque cardíaco, especialmente se combinado com a queda de pressão.

5. De onde vem a larica?

Pizza Foto: Reuters
Foto: Reuters

Um estudo de 2015 mostra que o THC “desliga” os neurônios associados a dizer que você devia parar de comer. Sob efeito da maconha, esses neurônios começam a dizer ao seu corpor que você na verdade está morrendo de fome. E não param até que você coma mais
Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.