Italiano que fornecia cocaína para celebridades é preso no Rio, diz polícia

Italiano de 56 anos trabalhava em hotel de luxo de Ipanema.
Polícia diz que ele era o maior fornecedor da droga na alta sociedade.

G1

Um italiano apontado como o maior fornecedor de cocaína para usuários da alta sociedade carioca foi preso em flagrante nesta quarta-feira (25) no Leblon, Zona Sul do Rio. De acordo com a Polícia Civil, Gaetano Maffizzoli, de 56 anos, já vinha sendo monitorado pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) e com ele foi apreendida grande quantidade de droga.

Segundo a Polícia Civil, o traficante italiano trabalhava como motorista em um hotel de alto padrão de Ipanema, o que o ajudou a formar sua clientela. As investigações apontaram que ele era conhecido entre usuários de droga por fornecer cocaína de alta qualidade e com um alto nível de pureza, ele teria entre seus clientes celebridades nacionais e internacionais.

A Polícia Civil não informou há quanto tempo Maffizzoli estava sendo monitorado, mas destacou que ele foi preso quando se preparava para entregar uma carga de cocaína no interior de um estabelecimento comercial no Leblon.

No apartamento dele, também no Leblon, os policiais encontraram grande quantidade de cocaína pura. Foram apreendidos dois veículos de luxo, sendo uma Mercedez Benz, ano 2016 e uma moto Ducati, ano 2014, além de cerca de R$ 40 mil em dinheiro, além de equipamentos eletrônicos como celulares e tablets.

Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.