CPI do Crack ouve secretário estadual de Desenvolvimento Social

Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

Da Redação

Nesta quarta-feira, 29/6, teve lugar no auditório José Bonifácio da Assembleia Legislativa reunião da comissão parlamentar de inquérito constituída com a finalidade de investigar a chamada “epidemia do crack” no Estado de São Paulo.

Presidida pelo deputado Adilson Rossi (PSB), a CPI ouviu Floriano Pesaro, secretário estadual de Desenvolvimento Social, que expôs sua experiência sobre drogadição e sua atuação direta na Cracolândia, na região da Luz, enquanto secretário municipal da cidade entre 2005 e 2008.

Crítico contundente do programa Braços Abertos da prefeitura, Pesaro afirmou que a “irrigação de recursos” na área mediante bolsas não fez senão promover “crescimento da demanda e crescimento da oferta”, além do “encarecimento natural da própria droga, dada a elevação da procura”.

Pauta

A reunião aprovou ainda requerimento, de autoria do deputado Wellington Moura (PRB), de convocação do secretário municipal de Segurança Urbana e coordenador do programa Braços Abertos da prefeitura de São Paulo, Benedito Mariano, com o intuito de debater as políticas públicas na área de saúde e promoção social destinadas a prevenir e tratar o consumo de crack.

Requerimento da deputada Beth Sahão (PT) solicitando cópia dos relatórios de monitoramento dos drogaditos elaborados pela secretaria estadual foi passado diretamente às mãos do secretário Floriano Pesaro.

Compareceram também ao encontro os deputados Coronel Telhada (PSDB), Welson Gasparini (PSDB), Beth Sahão (PT), Jooji Hato (PMDB), Wellington Moura (PRB) e Paulo Correa Jr. (PEN).

Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.