Caminhada, livro e palestra integram o II Bipomarço, sobre transtorno bipolar

Portal da UFC

O Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) e o Grupo de Estudos em Transtornos Afetivos (GETA) realizam o II Bipomarço, iniciado nesse domingo (26), com caminhada de conscientização sobre o transtorno bipolar, na Avenida Beira-Mar. O grupo saiu às 16h do espaço em frente ao Ideal Clube (aterro da Praia de Iracema) em direção à Praça dos Estressados. Em todo o percurso da caminhada foi distribuído material informativo sobre o tema.

Para o dia 30 de março está programada palestra e lançamento do livro Você tem transtorno bipolar?, do Prof. Fábio Gomes de Matos, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará, a partir das 19h, no Auditório Rachel de Queiroz (área 2 do Centro de Humanidades, Benfica).

O dia 30 de março foi escolhido como Dia Mundial do Transtorno Bipolar em homenagem ao aniversário do pintor Vincent van Gogh, diagnosticado com a enfermidade. “Estudos mais recentes apontam que a doença atinge cerca de 3% da população mundial e é grave, associada a risco de suicídio ao longo da vida”, explica o Prof. Fábio Gomes de Matos, psiquiatra do HUWC e coordenador do GETA. A pessoa afetada pelo transtorno bipolar tem 30 vezes mais chances de cometer suicídio do que a população em geral. “Com tratamento correto, o transtorno pode ser controlado, mas não há cura para a doença”, complementa o médico.

O GETA é um projeto de ensino, pesquisa e extensão vinculado ao Departamento de Medicina Clínica da Faculdade de Medicina da UFC e tem como principal objetivo o estudo do transtorno bipolar. Formado por estudantes de Medicina e Psicologia, o grupo se reúne semanalmente às quartas-feiras no HUWC para o acompanhamento de pacientes diagnosticados com o transtorno.

Imagem: Programação do Bipomarço (Imagem: Divulgação)

DOENÇA CRÔNICA – O transtorno bipolar é uma doença crônica caracterizada por variações de humor que são mais evidentes, graves, duradouras e, quase sempre, mais perturbadoras do que os altos e baixos do nosso dia a dia. As oscilações de humor variam entre episódios de mania e depressão, com ou sem sintomas psicóticos.

O episódio de mania caracteriza-se pela presença de um humor exageradamente eufórico, excitado ou irritável. Para o diagnóstico, é preciso que o indivíduo tenha apresentado pelo menos um episódio de mania na vida.

Fonte: Unidade de Comunicação Social do Hospital Universitário Walter Cantídio – fone: 85 3366 8183

Anúncios

Sobre Clínica Alamedas

A dependência química está relacionada a diversas questões, seja no aspecto psicológico, biológico, social, econômico ou cultural de toda a família e pessoas ao redor do paciente. A clínica Alamedas possui uma estrutura completa com profissionais competentes e experientes para ajudar cada paciente e a sua família a superar a dependência química, com qualidade de vida e saúde.
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.